A obra de vida do Reverendo Sun Myung Moon tem sido para a edificação da paz mundial e a criação de uma família global da humanidade. Este tem sido um trabalho de amor que atravessa sua vida de 90 anos. Este conteúdo apresenta um resumo de algumas de suas realizações substanciais. Estas realizações representam os frutos do amor do Reverendo Moon por Deus e amor pela humanidade, sua dedicação pela causa da paz e pelo fim do sofrimento humano.

Apesar do Reverendo Moon ser primeiramente um líder religioso, ele sempre tem estado na linha de frente da luta pelo fim da guerra, da injustiça, da pobreza e da degradação ambiental. Ele acredita que, como Deus criou os seres humanos para viverem na terra, então uma pessoa que seguisse a vontade de Deus, deveria realizar isto em todos os aspectos da vida terrena. Religião não significa fugir do mundo para encontrar alguma recompensa pessoal no céu. Verdadeira religião significa estabelecer o céu na terra para todos. Isto significa edificar um mundo onde as pessoas de todas as nações, culturas, raças e religiões podem desfrutar juntas.

Como um líder religioso, podemos dizer sem reservas que o aspecto mais profundo da vida do Reverendo Sun Myung Moon é sua centralização em Deus. Ele construiu sua vida desenvolvendo e aprofundando sua comunicação com Deus. Seu hábito é começar cada dia com várias horas de oração e meditação. Seus seguidores testemunham a intensidade de sua comunicação com Deus e o poder espiritual que resulta a partir disto.

Assim, os esforços descritos neste conteúdo para estabelecer um mundo pacífico e bom não podem nem mesmo arranhar a superfície da motivação e do coração do Reverendo Sun Myung Moon. Este conteúdo não se aproxima de sua profunda filosofia de vida, nem da verdade que flui através de tudo o que ele faz.

Para o Reverendo Moon, Deus é real e tem personalidade. Ele é o Criador e Pai dos seres humanos. Contudo, Seu coração está preenchido com a indizível dor de um pai que tem sido rejeitado por seus filhos rebeldes. Desde que esta compreensão veio a ele, o Reverendo Moon nunca foi capaz de orar sem lágrimas. A imagem dele que está mais profundamente gravada no coração de seus seguidores é ele ajoelhado em oração, com lágrimas escorrendo em seu rosto, lamentando sobre o sofrimento de Deus e o sofrimento do mundo. Sua mente está preenchida com determinação para acabar com esse sofrimento, trazer a reconciliação e estabelecer o Reino do Céu na terra.

Desde sua juventude, o Reverendo Moon passou anos meditando e orando nas montanhas da Coreia, buscando a origem do universo e os segredos da história. Como os seres humanos podem restaurar seu verdadeiro relacionamento com Deus? Como as pessoas podem remover as espessas nuvens escuras de pecado que as prendem às atitudes egoístas e ações destrutivas, causadoras da contínua miséria? Como elas podem descobrir sua natureza original?

Através de anos de busca, o Reverendo Moon descobriu os conteúdos ocultos do mundo espiritual. Ele desvendou os complicados e emaranhados assuntos dos erros passados da humanidade na história. Superando inúmeros desafios, ele enfrentou Satanás e o derrotou em uma batalha sangrenta. Assim, ele desvendou a lei universal que pode conduzir a humanidade da atual escuridão para um mundo luminoso.

O princípio que ele descobriu diz que a forma para estabelecer o bem na terra era através do sofrimento. A fim de realizar sua sublime visão de um mundo unificado, ele teve que assumir sobre si o fardo da reconciliação, rompendo muitas barreiras de divisão que foram firmadas por uma história de maus tratos e ressentimento. Ele teve que trilhar um caminho de um pioneiro solitário.

Seguindo este caminho, o Reverendo Moon sofreu aprisionamento e tortura. Ao todo, ele foi aprisionado seis vezes: no Japão, na Coreia do Norte, na Coreia do Sul e nos Estados Unidos. Contudo, sabendo que o caminho de restauração exigia o pagamento dessa indenização, ele nunca oscilou ou recuou de seu sofrimento. Ao invés, ele considerava isto como a Vontade do Céu e se submeteu com fé absoluta, amor absoluto e obediência absoluta. Ele nunca se afastou de seu profundo compromisso, pois não vive apenas para o momento. Em sua mente há um profundo senso de missão e propósito histórico.

A atual era materialista deve caminhar para uma nova era de espiritualidade, a qual é baseada no serviço altruísta aos outros, acredita o Reverendo Moon. Ele reconhece que esta transformação não pode ser efetuada somente pelo reavivamento religioso, ou somente pelas reformas política ou econômica. Ao invés, todos os empenhos devem ser reunidos para prover a liderança moral e intelectual que é requerida.

Por esta razão, as realizações do Reverendo Moon não estão confinadas à religião, mas se espalham para cada área: educação, filosofia, ciência, religião, mídia, as artes, negócios internacionais, tecnologia, obras de caridade, o ambiente, famílias, mulheres e juventude. Os títulos das organizações que ele fundou incluem as palavras “paz mundial,” “internacional” e “unificação,” refletindo sua motivação central de estabelecer o ideal de Deus. Cada organização contribui de alguma forma para realizar o ideal de um mundo unido e pacífico centrando no único Deus.

Atualmente o mundo pode ver seu fundamento sem precedentes. Muitas pessoas pensam que é incrível que o Reverendo Moon tenha iniciado tantos trabalhos e alcançado resultados tão sólidos. Estes derivam de sua sublime visão que pessoas comuns não podem alcançar. Seu pensamento vai além do pensamento comum, mesmo olhando para os frutos que suas ações poderão ostentar cem anos, ou mil anos no futuro. Suas realizações são até mesmo mais milagrosas, consideradas as dificuldades e o ambiente solitário de perseguição no qual ele teve que trabalhar.

Podemos dizer que o poder que o empurrou em frente é o amor verdadeiro. O Reverendo Moon verdadeiramente ama a Deus, que não espera outra coisa, a não ser, ver a humanidade, os Seus filhos, vivendo em paz. Ele conhece o coração de Deus de dor e tristeza ao ver Seus filhos vivendo em miséria, incapacitados espiritualmente, presos em ambições egoístas que os conduzem para o declínio, bloqueados nas tentativas de realizar suas esperanças e sonhos. Ele quer confortar o coração de Deus, como qualquer filho confortaria um pai sofredor.

O Reverendo Moon também tem amor verdadeiro pelas pessoas. Ele se sente responsável, como um pai que alimenta os famintos, liberta aqueles oprimidos pela tirania, capacita o pobre a viver com auto-suficiência e dignidade. A partir do amor verdadeiro, ele se determina a assumir responsabilidade por situações que os outros não podem se imaginar enfrentando. Ele não hesita em amar até mesmo aqueles indivíduos e grupos que o perseguiram por anos. Porque? Porque ele é o Verdadeiro Pai. Ele sabe que a oposição foi por causa da ignorância. Ele ama todas as pessoas com um coração paternal.

Esta apresentação das obras do Reverendo Moon pretende mostrar, mesmo de forma limitada e incompleta, suas grandes realizações. Sugerimos que além deste pequeno resumo, você possa buscar mais informações sobre a verdadeira obra de vida do Reverendo Moon, e conhecer os Frutos do Amor Verdadeiro.

Família Unificacionista
           

 

 

Visitantes

Nós temos 88 visitantes online

Comprar

Livros Online