Teologia da Unificação

Embora o Rev. Sun Myung Moon não seja um teólogo no sentido técnico, ele afirma esclarecer as ambiguidades na mensagem cristã tradicional e aponta graves erros na teologia tradicional. Como um profeta bíblico, ele proclama uma mensagem especial de Deus para o nosso tempo.

Conteúdos

Publico o índice do livro a fim de permitir uma visão abrangente do conteúdo que será disponibilizado nesse espaço. Para verificar, basta clicar em “leia mais”. Cada um dos itens deste conteúdo será publicado no formato de um post para que possa ser lido e acompanhado como uma série de estudo em fascículos.

Prefácio

Cada tópico na teologia cristã tradicional é um tema de debate acalorado. Teólogos Protestantes e Católicos discordam sobre a onipotência de Deus, a encarnação e ressurreição de Jesus Cristo, a autoridade da Bíblia, a própria missão da Igreja, o objetivo da história e a natureza da vida após a morte.

O Patrimônio Religioso Coreano

A religião nativa da Coreia, como da maioria das antigas culturas, era uma forma de xamanismo. Esta fé original nunca desapareceu completamente e ainda exerce considerável influência. Antigos coreanos acreditavam em uma variedade de espíritos sobrenaturais, bons e maus.

Cristianismo Coreano

Quando os seguidores do Patriarca Nestorius de Constantinopla foram excomungados pelos concílios ecumênicos do século V, eles fugiram para o leste, estabelecendo igrejas que prosperaram por muitos séculos no Iraque, Irã, Índia e China. No ano 1000, missionários Nestorianos ainda estavam trabalhando na Manchuria e Coreia.

Sun Myung Moon

Quando tinha doze anos de idade, ele ia para um lugar tranquilo no bosque para orar. Um dia depois que ele tinha orado, parecia como se as árvores, arbustos e grama começaram a falar: “Ninguém cuida de nós. Nos sentimos abandonados pela humanidade.” Compreendendo que a natureza gritava para ser amada.”

Revelação e Razão

A definição de revelação de Aquino é importante porque formula de forma concisa os vários elementos nesta doutrina. Ela distingue entre verdades da razão e verdades da fé, demonstra o valor prático de revelação como também sua necessidade lógica, e relaciona a realidade da razão e da fé fazendo uma mais elevada do que a outra.

O Caso para Nova Revelação

A Bíblia não sustenta que ela seja a revelação final, embora muitos teólogos tenham pensado que ela fosse. Para entender o que as Escrituras realmente ensinam, os cristãos deveriam primeiramente olhar para o Velho Testamento.

Sun Myung Moon e Revelação

Especialmente importante, de acordo com a Bíblia, foram as ocasiões quando Deus falou com Abraão, Moisés, Samuel, Jesus e Paulo. Para utilizar a classificação de um teólogo contemporâneo, estas poderiam ser chamadas “revelações primordiais.” 

A Realidade e Natureza de Deus

Como uma pessoa pode conhecer Deus? Ele se revela de duas formas: através da natureza como um todo e através do homem. Algumas das grandes religiões do mundo são crenças baseadas em uma consciência e apreciação da natureza.

Parceria de Deus e o Homem

A teologia da Unificação reivindica que depois que Deus criou Adão e Eva, Ele deu a eles três bênçãos: 1) ser frutífero, 2) multiplicar e encher a terra, 3) subjugar a terra e ter domínio sobre toda a criação (Gen. 1:28). Esta bênção tríplice significa o propósito original e contínuo de Deus para a humanidade.

Significado da Família

A teologia da Unificação leva em conta o relacionamento e a responsabilidade do homem utilizando a família como um modelo. Para o  Princípio Divino a família centrada em Deus representa o melhor exemplo de como Deus opera na história.

Vivendo em Dois Mundos

A teologia da Unificação faz da fé na imortalidade humana uma característica essencial de sua doutrina de criação. Não continuamos simplesmente a existir depois da morte. Desde o início e por toda a nossa vida, vivemos em ambos os mundos.